Saiba como manter o intestino regulado durante o Natal

Uma linha de maquilhagem que cheira a… bolachas de gengibre!
21 de Dezembro, 2022
Esta marca tem as peças xadrez mais queridas para vestir as crianças este Natal
21 de Dezembro, 2022

Saiba como manter o intestino regulado durante o Natal

Obstipação, diarreia, inchaço, azia… não deixe que estes inimigos do intestino lhe estraguem o Natal.

Qualquer que seja a época festiva, a tendência passa sempre por exagerar nos croquetes e rabanadas, deixando o nosso estômago a gritar por socorro. Como, para muitos, o assunto ‘saúde intestinal’ chega a ser uma espécie de tabu, poucos sabem realmente o que é ‘normal’ ou ‘alarmante’ no que toca às idas à casa de banho. A verdade é que é bastante comum ocorrer uma desregulação no normal funcionamento dos intestinos quando há uma mudança repentina nos hábitos alimentares.

Desde obstipação e diarreia até ao refluxo e azia, leia abaixo algumas dicas para evitar sintomas desagradáveis neste Natal:

Obstipação

Obstipação a curto prazo pode ocorrer após uma mudança na rotina diária. As férias de Natal podem significar menos atividade física e, possivelmente, menor ingestão de fibras.

  • Tente manter-se mais ativo. Se o tempo permitir, dê um passeio durante as férias ou participe em alguns jogos de interior que incluam alguma atividade.
  • Continue a incluir fruta, vegetais e hidratos de carbono nas suas escolhas alimentares. Deste modo, mantém a ingestão de fibras e ajudar a prevenir a obstipação.
  • Se não estiver habituado a incluir este tipo de alimentos na sua dieta, então pode introduzi-los lentamente, de modo a permitir que o seu intestino se ajuste a mais fibra.
  • Beba muitos líquidos para permitir que a fibra se mova através do seu intestino. Se consumir álcool, poderá ser necessário ingerir mais.

Diarreia

Muitas vezes a diarreia está associada a intoxicações alimentares, que ocorrem frequentemente quando os alimentos não são guardados à temperatura certa, permitindo que micróbios se apoderem da comida. No Natal, devido a toda a azáfama à volta da cozinha, o ambiente é mais propício a que estes acidentes aconteçam.

Para que possa evitar este tipo de desastres no intestino, siga dicas de higiene alimentar, como por exemplo:

  • Ao transportar alimentos, mantenha os alimentos crus e cozinhados em sacos separados e, se for uma viagem longa, utilize sacos térmicos ou caixas de congelação com sacos de gelo para manter os alimentos frescos.
  • Os alimentos crus devem ser armazenados, no frigorífico, longe dos alimentos que são cozinhados.
  • Lavar as mãos antes de preparar os alimentos.
  • Manter os alimentos frescos – idealmente os frigoríficos devem estar a 5ºC ou abaixo.
  • Não encher demasiado o frigorífico ao ponto a que alguns alimentos fiquem “escondidos” – isto pode incentivar à utilização de produtos já fora da validade.
  • Não lavar grandes quantidades de carne crua no lava loiça, podendo respingar pelas superfícies e contaminá-las.
  • Se o perú precisar de ser descongelado, deve ser feito no frigorífico, podendo chegar a demorar alguns dias.
  • Nunca congelar o perú de forma desigual. Ao colocar o perú no forno, se não estiver descongelado na totalidade, haverá partes do perú onde não será atingida a temperatura capaz de matar as bactérias.

Inchaço e Flatulência

Excessos na época festiva são comuns, podendo espoletar várias reações, como inchaços ou flatulência. No caso do inchaço, está quase sempre associado ao exagero na hora da refeição, ou a refeições com alto teor de gordura. Flatulência pode estar associada ao consumo de certos tipo de alimentos e hábitos, como couves, bebidas gaseificadas, pastilhas elásticas ou a prática de fumar.

Algumas dicas que podem ajudar a reduzir estes sintomas:

  • Mastigar bem a comida.
  • Reduzir a quantidade de bebidas gaseificadas.
  • Cerveja e vinho podem estar na origem de situações de flatulência.

Indigestão, Azia e Refluxo

Indigestão geralmente acontece após uma refeição gordurosa ou picante, ou se for ingerida demasiado depressa. Tal como a maioria dos distúrbios deste género, também pode ser derivado aos excessos. A azia e o refluxo são mais comuns. Considere estas dicas para prevenir os sintomas:

  • Manter o pequeno-almoço no dia de Natal para que sinta menos fome à hora de almoço e, consequentemente, menos probabilidades de exagerar nas quantidades.
  • Adotar uma postura mais direita enquanto come.
  • Usar roupa mais solta.
  • Evitar estar constantemente a petiscar.
  • Aproveite os dias de intervalo entre festividades para voltar à sua rotina alimentar.
  • Dê um intervalo de três horas entre a última refeição e a hora de deitar.
  • Incluir um refrigerante entre o consumo de bebidas alcóolicas vai reduzir a sua ingestão global de álcool e mantê-lo hidratado.

Ver mais sobre Lifestyle aqui.

Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard