Esta clínica de medicina estética desenvolve o interior antes do aperfeiçoamento exterior

Saiba quais são os perfumes ideais para o seu tipo de pele
23 de Março, 2023
Ferrero apresenta novidades para a Páscoa
24 de Março, 2023

Esta clínica de medicina estética desenvolve o interior antes do aperfeiçoamento exterior

A New Woman esteve no evento de inauguração da Ousia Clinic, a clínica de Medicina Estética Avançada totalmente holística que descola amanhã e, tem como proposta de voo, o equilíbrio entre corpo, mente e alma para redefinirem o futuro da estética. Já há pedidos de marcação.

À chegada os olhos passeiam por uma receção imaculada de paredes brancas e ripas de madeira no caminho, e percebe-se que até a projeção do edifício foi pensada ao mais ínfimo pormenor. Acolhe-nos a cofundadora e CEO da Ousia, Dionísia Ferreira, mas também o parceiro Miguel Raposo e a Diretora Clínica, Dra. Filipa Lisboa. Estão rodeados por alguns enfermeiros e médicos que constituem a equipa e denunciam, através dos seus rostos entusiasmados, que estão prontos para lançar um novo conceito revolucionário: a Ousia Clinic.

Miguel Raposo é o primeiro a assumir a oratória e conta-nos que o compromisso é redefinir a estética através daquela que é a primeira clínica com uma abordagem global e integrada – as palavras-chave que poderiam ser os apelidos da Ousia Clinic. Porquê? Além do propósito estético, aqui trabalha-se o bem-estar interior.

A complementariedade entre estética e bem-estar num só espaço

“Não temos um olhar unilateral para a estética. Esta coexiste com outras disciplinas”, explica. Daí que no mesmo espaço existam especialidades médicas ligadas à beleza (medicina estética avançada não invasiva; medicina plástica e reconstrutiva; terapia anti-aging e biomodelação; oculoplastia), mas também ligadas à saúde e bem-estar (medicina do sono, nutrição, psicologia clínica, drenagem linfática) e ao mindfulness (massagens de relaxamento, consulta de mindfulness terapêutico). É sobretudo neste último que se exalta a abordagem holística em que apostam.

Não querem andar num caminho estreito, mas sim alargado para que caia por terra a versão da estética na qual trabalha-se primeiro o bem-estar exterior para depois alimentar-se o bem-estar interior. Em detrimento esperam reconduzir o futuro da estética melhorando o interior (reeducando-o com novos hábitos) e o exterior numa correlação.

É, assim, dado o exemplo do tratamento de flacidez no abdómen para justificar a interligação das diferentes áreas que coabitam no mesmo espaço e relacionam-se entre si. “Além do tratamento, propõe-se a correção dos hábitos alimentares através da nutrição e exercício físico”. Adiantando, que dentro da clínica, há espaços dedicados para isso. Para além dos gabinetes, o edifício conta também com um bar de comida saudável e um espaço para desporto, para que as necessidades sejam respondidas num lugar só.

“Se tiveres um olhar solitário [ou seja, que isola estes ramos que se interligam], tens um olhar do exterior para o interior. Aqui dá-se importância ao equilíbrio entre o interior e o exterior“, afirmou.

Sem tratamentos invasivos onde o foco é “respeitar a fisionomia”

Quando Miguel Raposo finaliza a apresentação do conceito, a Dra. Filipa Lisboa substitui a posição. Não consegue esconder a paixão que tem pela área. Vê-se no sorriso, ouve-se na voz, sente-se nos gestos.

É Diretora clínica da Ousia e abraçou o novo projeto por acreditar que “só esta complementaridade poderá ajudar as pessoas a recorrerem à estética de forma saudável e sustentável, mantendo as suas características físicas e prevenindo/contornando os efeitos do envelhecimento, com resultados absolutamente naturais e mais duradouros”.

A Dra. destacou assim que os tratamentos não são invasivos. “Não queremos mudar pessoas, queremos melhorar pessoas, respeitar a fisionomia”. E realçou ainda que é fácil as pacientes fazerem da estética um vício mas dá-se primazia ao desenvolvimento pessoal antes de ser trabalhado o aperfeiçoamento físico. “É obrigação da minha consciência médica, quando alguém vem ter comigo com baixa autoestima – quer por um divórcio ou outro motivo – encaminhá-la para o mindfulness antes de torná-la aditiva na estética”, rematou.

Subimos para o segundo piso e Filipa Lisboa acompanhou-nos pelas instalações, enquanto entrava em detalhes sobre cada equipamento de tecnologia de ponta que se apresentavam dentro salas (tal como o EMSCULPT NEO; o EMFACE; o EMTONE; a Câmara hiperbárica oxibárica 90L e a Avaliação 3D – Quantifycare LifeViz Pro, exclusiva em Portugal). Não restaram dúvidas, apenas a vontade de continuar a conversa sobre os aparelhos e procedimentos que a Diretora domina.

Um dos maiores fatores diferenciadores da Ousia Clinic é ainda o facto de o corpo clínico ser exclusivamente constituido por médicos e enfermeiros, que perfazem uma equipa de 22 membros.

A Ousia Clinic abre portas ao público no próximo dia 24 de março, com um horário de funcionamento de segunda a sexta-feira das 10h00 às 20h00 e aos sábados das 10h00 às 17h00, na Av. Torre de Belém, no Restelo.

Quando virámos costas e saímos, ouvimos saltos de festejo, seguros de que o despertar para uma nova maneira de estar com a estética foi a aposta certa.

Artigo por Catarina Brazão

Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard