É possível prevenir a Doença de Parkinson. Saiba como

Croma Pharma garante a abordagem 360º que a sua pele precisa
10 de Abril, 2023
Tem alergia ao Sol? Saiba como prevenir e tratar este problema
10 de Abril, 2023

É possível prevenir a Doença de Parkinson. Saiba como

O Parkinson é a segunda doença degenerativa mais frequente a nível global, mas ainda não existem tratamentos clínicos comprovados.

No dia 11 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Doença de Parkinson, uma disfunção neurológica crónica do movimento que é progressiva e degenerativa, ou seja, que tem tendência a agravar-se com o passar do tempo e afeta as capacidades motoras das pessoas, deixando, as mesmas, de ter total controlo sobre as suas ações.

Este distúrbio é causado pela quebra de produção de células que produzem dopamina, a substância química responsável pelo comando da nossa atividade muscular a nível cerebral. Além disso, é a responsável pela nossa sensação de bem-estar.

Uma vez que o Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais frequente a nível global, logo a seguir ao Alzheimer, e ainda não tratamentos clínicos comprovados, o Mundo Z da Zurich deixa-lhe algumas sugestões para prevenir o seu aparecimento:

  • Exercício Físico

O exercício físico regular mantém os músculos ativos, o que pode ajudar a retardar significativamente os efeitos da doença de Parkinson, cujos sintomas, a longo prazo, acabam por afetar a flexibilidade, a articulação e a força dos diferentes membros do corpo.

  • Estimulação Cerebral

Uma vez que o primeiro impacto da doença consiste na redução da capacidade cerebral, manter o cérebro ativo torna-se uma medida preventiva crucial. Ler, jogar xadrez e sudoku, fazer palavras cruzadas e meditação, são um ótimo método de manter o cérebro ativo e em evolução, ajudando, assim, a retardar ou a prevenir o aparecimento da doença.

  • Alimentação

De acordo com investigadores nesta área, a ingestão de vegetais e gorduras saudáveis tem influência no aparecimento mais tardio da doença de Parkinson.

  • Check-ups

Visitar o médico regularmente é uma boa forma de prevenir qualquer tipo de doença e o Parkinson não é diferente.

O Parkinson foi identificado pela primeira vez no século XVIII, por James Parkinson, e é mais comum na quinta e sexta décadas de vida. No entanto, o número de pessoas jovens diagnosticadas com a doença está a aumentar. Em Portugal existem cerca de 19 mil doentes diagnosticados.

Estes são os principais sintomas do Parkinson:

  • Tremores;
  • Rigidez dos músculos;
  • Lentidão dos movimentos;
  • Lentidão nos processos cognitivos;
  • Tonturas;
  • Perda de equilíbrio;
  • Dificuldades na escrita e na fala;
  • Perda ou alteração de movimentos automáticos.
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard