Deve colocar a comida quente no frigorífico?

A Clarins tem uma nova solução para quem sofre de pele seca
30 de Janeiro, 2023
Conheça os exercícios com que Shakira define os seus abdominais 
31 de Janeiro, 2023

Deve colocar a comida quente no frigorífico?

Será que colocar comida quente no frigorífico é algo benéfico? Saiba tudo sobre esta questão neste artigo, de acordo com a ciência. 

Ter a comida cá fora, poderá ser mais perigoso do que a colocar no frigorífico ainda quente. Embora existam duas razões justificáveis para colocá-la ou não no frigorífico, a ciência fornece-lhe a resposta. 

Primeiramente, existem as consequências da colocação de alimentos quentes no frigorífico: poderá acabar por causar condensação no interior, sendo que o vapor dos alimentos irá formar gotículas de água e até gelo. Devido ao tempo, o excesso de humidade poderá levar ao crescimento de bolores e fungos, acabando por que se estrague os alimentos. 

De seguida, pode-se abordar outro tipo de consequências – de esperar que a comida quente arrefeça. Deixar os restos de comida a arrefecer na mesa faz com que se mantenha num ‘tom’ de temperaturas perigosas, de 5ºC a 60ºC, onde as bactérias acabam por florescer. Acima ou abaixo desses valores, os microrganismos não sobrevivem tão facilmente. 

Assim sendo e, de forma a evitar a criação de bactérias nos seus alimentos, deverá ser melhor guardar os restos no frigorífico ou no congelador assim que tiver terminado de comer.

Saiba mais sobre Gastronomia, clicando aqui

Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard