Balenciaga usa crianças em campanha imprópria

“Babylon” tem novo trailer com Brad Pitt
30 de Novembro, 2022
A primeira entrevista de Will Smith após incidente nos Óscares
30 de Novembro, 2022

Balenciaga usa crianças em campanha imprópria

A marca de luxo espanhola lançou recentemente a sua campanha de Natal que suscitou enormes críticas e até processos.

Polémica não é algo a que Balenciaga já não esteja habituada. A marca é bastante conhecida pelas suas peças e acessórios caricatos, nomeadamente a famosa mala de saco do lixo ou os ténis que podiam perfeitamente ter também saído de um contentor de lixo, mas desta vez o escândalo é outro – e não dá a mínima vontade de rir. Seguram ursos de peluche ornamentados com acessórios de BDSM, inseridos num contexto pouco infantil: as crianças da campanha de Natal da Balenciaga são o mais recente escândalo da marca.

O cenário já era preocupante, mas quando se pegou numa lupa e se deu atenção aos verdadeiros detalhes, percebeu-se que a dimensão do problema era bastante maior. Shoe0nhead, youtuber e criadora de conteúdo, partilhou no seu Twitter uma das fotos da campanha de primavera para 2023, onde se vê fotografada uma carteira posicionada sobre uns documentos do Supremo Tribunal, relacionados com leis sobre pornografia infantil.

O fotógrafo italiano Gabriele Galimberti já se explicou, através da sua conta de Instagram: “Não estou em posição de comentar as escolhas de Balenciaga, mas devo salientar que não tive o direito, de forma alguma, de escolher os produtos, nem os modelos, nem a combinação dos mesmos. Tal como é hábito acontecer nas sessões fotográficas comerciais, a direção da campanha e a escolha dos objetos expostos não são da responsabilidade do fotógrafo”.

Quanto à própria marca, a mesma já se pronunciou, igualmente através de uma publicação de instagram, onde assumiu totalmente a responsabilidade relativamente à integração de crianças num cenário de teor sexual, e “condenou fortemente” a prática de abusos sexuais a menores.

No que diz respeito à segunda acusação, resultante da utilização de documentos do Supremo Tribunal, a Balenciaga afirma que “os documentos foram providenciados por terceiros que alegavam estar a fornecer adereços de escritório completamente falsos”. Acrescentam ainda que a inclusão dos documentos em questão não foi aprovada pela marca, e quanto a isso já estão a ser tomadas providências. No final da publicação, a marca de Cédric Charbit ainda frisou que está a “rever intimamente a organização e os trabalhos em equipa”, “reforçar as estruturas respeitantes aos processos criativos e de aprovação” e a “trabalhar com organizações especializadas na proteção de crianças e no fim ao abuso e exploração de menores”.

A história da Balenciaga passa muito pelo culto de “êxtase venerativo” cultivado pelas grandes celebridades norte-americanas, que usam os produtos da marca mais como um conceito, do que propriamente como meras peças de roupa. O fanatismo surge, neste momento, atrelado de uma responsabilidade emergente de pronunciamento por parte destas mesmas celebridades, que elevam diariamente o nome da marca – como Kim Kardashian, Bella Hadid ou Nicole Kidman.

Kim já se posicionou através do Twitter, e justificou a demora no facto de “querer ter oportunidade de falar com a equipa [Balenciaga], de maneira a perceber, em primeira pessoa, como é que tudo isto aconteceu”. Acrescenta que “enquanto mãe de quatro” se sente perturbada pelas imagens, e que “qualquer tentativa de normalizar o abuso de menores não pode ter lugar na nossa sociedade”. O futuro da relação entre a marca e a socialite permanece uma incógnita.

Kanye West também já se pronunciou contra as atitudes da marca, e Bella Hadid apagou, alegadamente, fotografias na sua conta de instagram, que promoviam a marca de luxo.

O mundo espera agora para ver o desfecho do processo de 25 milhões de dólares (24 milhões de euros), apresentado pela Balenciaga à empresa de produção North Six, e ao designer responsável pela montagem dos cenários envolvidos, Nicholas Des Jardins.

Artigo por Carolina Bernardo

Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus LC Cabrio NewWoman Portugal
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard
Lexus-LC-Cabrio_NewWomanPT_Leaderboard